[Guia] Fé, pecados e confissões

Ir em baixo

[Guia] Fé, pecados e confissões

Mensagem por Nicollielo em 21/10/2017, 17:54


Nota: No momento o efeito dos pecados foi cancelado, então, ao menos por enquanto não haverá mais a melancolia nem outros efeitos caso algum deles chegue ao máximo. Muito do que foi relatado aqui pode mudar. Ficarei atenta para acrescentar essas modificações assim que tiver informações.


Guia de fé, pecados e confissões


O Papa Inocêncio VIII restaurou recentemente o rito da confissão para os fieis e sacerdotes. Desde então, os fieis aristotélicos tem se preocupado com seus pecados e estes ao pesarem na consciência podem levar os fieis a sentirem uma forte melancolia espiritual que afetará suas atividades ao ponto de não ser mais possível executar algumas delas. O efeito é muito similar ao de uma forte embriaguez, seguida de outros efeitos, como perda de características.

Contudo antes de entrar em desespero é importante saber o que causa o estado pecaminoso e como as indulgências, assistir a missa e a confissão podem auxiliar nisso.



Além das barras de características como força, Inteligência, Carisma e pontos de Reputação e Confiança, agora temos também a barra de fé. A Fé está relacionada ao menu transcendente, e também é importante para não sermos tão afetados pelo pecado e é essencial para os que seguem a Via Maior da Igreja. Sem fé não é possível concorrer ou se candidatar a um cargo In Gratebus da Igreja, pois normalmente o postulante ao cargo precisa estar entre os 30% mais fervorosos da sua paróquia ou diocese, dependendo do cargo. Isso obviamente requer que se tenha uma fé alta.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Os Pecados:

Os pecados não surgem aleatoriamente, eles estão relacionados às nossas ações cotidianas e ao nosso estilo de vida. Quando a barra de um ou mais pecados vai ficando cheia, a melancolia espiritual começa a nos afetar.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Até 50% da barra de pecados preenchida não se sente nada ainda. Mas após isso, começamos a receber mensagens de alerta. E é possível começar a sofrer alguns efeitos.

"25/08/1465 05:02 : O peso de seus pecados começa a pesar sobre você...você deve se confessar antes de mergulhar em uma melancolia espiritual que seria muito prejudicial para você..."

Apesar da mensagem, os efeitos mais fortes só se fazem sentir após a barra de ao menos um pecado chegar a 100%. Mesmo assim já existe o risco de afetar atributos antes disso (algumas pessoas relataram perda de força).  O efeito aumenta a medida que outros pecados chegam ao máximo. O ideal é não deixar que isso aconteça. Não sabemos ainda se isso pode levar à morte, e no momento preferimos não testar.  Mas não há motivo para pânico. O recomendado é uma confissão por semana, ou a cada quinze dias, dependendo da necessidade de cada um. Assistir a missa diminui um pouco os pecados em cerca de 2% e também aumenta um pouco a barra de fé. O mesmo pode ser obtido com as indulgências, mas elas dobram de preço a cada compra o que torna essa uma estratégia ruim.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Orgulho

O Orgulho está relacionado às posses, aos cargos In Gratebus, e tudo que confere alguma notoriedade e influência ao seu possuidor, seja um cargo de Conselheiro Condal, um consultório de médico ou mesmo a posse de um barco.
Ele é calculado com base nos pontos de influência que cada um possui. Com base nisso é calculada a porcentagem com que esse pecado sobe na barra de pecados diariamente.

200 + =+ 1% 
400+ = + 2% 
600 + = + 3% 
800 + = + 4% 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Avareza
Diz respeito ao acúmulo de dinheiro. É calculado com base na quantidade de dinheiro que se possui tanto no inventário pessoal, quando na despensa de casa, mansão ou apartamentos. Começa a aumentar a partir de mais de 500 cruzados. O aumento é diário.

Mais de 500 Cz = 1% 
Mais de 2000 Cz = 2 % 
Mais de 5000 Cz = 3% 
Mais de 10000 Cz = 4% 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Inveja
Também está relacionada aos recursos financeiros, assim como a avareza. Aumenta fixamente em 1% bastando para isso ter menos de 500 cruzados. Então, caso não sofra de avareza, é provável que sofrerá de inveja.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Cólera ou Ira
Para a cólera aumentar basta portar uma arma ou ferramenta que possa ser utilizada como arma, como um machado, por exemplo. Enquanto estiver portando a arma ou ferramenta a cólera aumentará 1% por dia.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Acídia
A preguiça ou apatia espiritual é provocada pela falta de frequência às missas, para não sofrer mais com a acídia basta ir à missa na igreja ao menos uma vez por semana. Aumenta 1% ao dia.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Gula

Está relacionado com comida e bebida. Beber cerveja na tasca pode aumentar a gula levemente, comprar comida no mercado também. Ainda não há uma tabela para indicar o seu aumento, mas apenas comprar comida no mercado parece aumentar a gula, independente de ser comida de status, comum ou mesmo alimentos de luxo, mas apenas comida. Comer alimentos produzidos por si mesmo, não aumenta a gula. Aumenta de 1% ao dia em que o personagem tenha se embriagado ou comprado comida no mercado. Comer milho e pão na tasca parece não afetar a gula.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Luxúria

Também está relacionado à comida e à bebida, mas não apenas isso. Comprar itens no mercado aumenta a luxúria, não importa se sejam alimentos ou outros itens. Gastar dinheiro no mercado aumenta a luxúria. Beber cerveja na tasca também contribui. A luxúria aumenta sempre de 5% em 5%.

A Confissão:

A confissão é gratuita, e uma confissão pode limpar até dois dos sete pecados capitais. Normalmente os dois pecados com o nível mais elevado são contemplados. Entretanto, é bom lembrar que um confessor da Igreja é contratado para ouvir a confissão dos fieis. Esse é sempre alguém de ao menos nível VI e da Via Maior da Igreja, obrigatoriamente (ainda que o pároco que o contrata possa não o ser). Ao se candidatar a confessor, o Via da Igreja dedicará o seu dia a ouvir confissões, assim como um médico quando abre seu consultório, não podendo realizar outra ação diária. Por isso, é importante que o fiel que vai se confessar faça uma doação, sendo cinco cruzados o máximo permitido. Assim, a Igreja poderá ter recursos para contratar confessores e pagá-los pelo dia de trabalho, adequadamente.

Para se confessar basta ir à igreja na aba Paróquia. Se há algum confessor atendendo naquele dia, aparecerá a mensagem que o Confessionário está aberto hoje, seguido do nome do Confessor que estará atendendo e a lista dos horários ainda disponíveis. A paróquia pode ter mais de um confessor, mas somente um pode atender por dia, o que significa que eles podem se alternar no trabalho. Se não houver mais espaço no horário do confessor naquele dia, aparecerá uma mensagem indicando que não há mais espaços disponíveis. Se não houver nenhum confessor no dia, a mensagem indicará que o confessionário está fechado. Quem contrata os confessores é o pároco local e o próprio pároco pode receber confissões. Uma informação importante é que mesmo que o pároco não seja via da via da igreja ele poderá se disponibilizar para as confissões também. Lembrando que ele também pode celebrar missas, mesmo sem ser via da igreja. Portanto, se não houver pároco ou confessores disponíveis, o confessionário permanecerá fechado.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


É possível confessar-se até três vezes no mesmo dia (quatro seria possível mas desnecessário), desde que haja horário disponível para isso. As confissões podem ser marcadas em sequência. Para quem se confessa são ações livres, e é possível fazer qualquer outra atividade sem problemas.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

O número de confissões que um confessor pode fazer por dia varia de acordo com o horário em que o confessionário é aberto (assim como o número de consulta em consultório médico, ainda que possa ultrapassar facilmente as 12 confissões e já teve confessores que atenderam até 18 pessoas por dia, mas o máximo possível é 23, uma vez que se perde uma hora por conta do reset). O horário é disposto a partir do momento em que o confessionário é aberto e ignora o reset, indo até no máximo 4:00 am do dia seguinte (hora de Portugal). Após esse horário, o confessionário poderá ser reaberto para novas confissões, pelo confessor presente ou outro contratado pelo pároco após a última confissão da abertura anterior.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Se o agendamento for feito corretamente, aparecerá uma mensagem confirmando em eventos, para o fiel. (OOC: Não é necessário ficar online na hora da confissão para recebê-la).

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

O confessor também recebe uma mensagem sobre cada confissão e ela indica também quanto aquele que se confessará doou à Paróquia e em que horário o confessor o atenderá.

"27/08/1465 16:40 : Vous receverez Nicollielo en confession entre 17 et 18 heures. Un don de 3 écus a été fait par Nicollielo% pour remercier son confesseur."

(OBS: Sim, é possível ao confessor se auto-confessar)

Após a confissão, uma mensagem aparecerá indicando sua realização no evento, e quais pecados foram absolvidos.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


No escritório do Pároco aparece agora uma aba específica para as confissões:

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

É nesse espaço que o pároco pode nomear confessores e dispor do pagamento que será atribuído a cada um deles.  O pároco pode definir o salário dos confessores entre 0 e 30 cruzados. Outra novidade no escritório do pároco diz respeito ao pagamento de indulgências. Aparecerá no menu "O grande irmão observando-os", além das informações sobre quem foi a missa e quem fez donativos, as informações de quais pessoas compraram indulgências na diocese e em que quantidade, nos últimos trinta dias.

Indulgências

São bem menos efetivas para diminuir os pecados, resultando em uma redução de apenas 20% dos pecados por indulgência adquirida. O cálculo é feito sobre o que já evoluiu, se alguém tem 10% da barra de avareza preenchida, a indulgência eliminara 2% disso, se a barra estiver a 100%, a redução será de 20%.

Um efeito importante, no entanto é que as indulgências aumentam a fé. Se a fé for 0% a fé aumentará 5%. Esse valor tende a diminuir em efeito quanto mais alta for a fé. A primeira indulgência custa 20 cruzados. No entanto, elas dobram de preço a cada indulgência comprada. Desse modo, se desejar comprar mais uma indulgência a segunda custará 40 cruzados, a terceira 80 cruzados e assim sucessivamente. O que torna a prática pouco efetiva se o objetivo for baixar a barra de pecados, a não ser que elas estejam no máximo. O aumento de fé é rápido mas de custo elevado. O melhor é procurar não perder missas e se confessar periodicamente. Entretanto, é bom lembrar que depois de 30 dias, o preço da indulgência volta ao normal, então, comprar uma por mês não chega a ser tão dispendioso. O dinheiro gasto com indulgências é dividido entre a diocese e o tesouro papal (50% para a diocese e 50% para o tesouro papal). 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

O presente guia ainda se encontra em atualização, pois essa mudança é algo bastante recente, por isso seu conteúdo será modificado à medida que tivermos acesso a mais informações à respeito.

-------------------
Créditos a Nicollielo, Ltdamasceno e Beatrix_algrave

avatar
Nicollielo

Mensagens : 182
Data de inscrição : 09/09/2017

http://diocesedaguarda.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum